Dor lombar em crianças

 

A grande maioria das pessoas já sentiu aquela incômoda dor nas costas. Nos adultos ela é mais freqüente, porém, este sintoma e crianças e adolescentes não deve ser subestimado, principalmente se o paciente tiver idade inferior a 11 anos.

A dor lombar é um sintoma comum na população. A maioria dos episódios ocorre em adultos, sendo que na infância esta queixa é incomum. Não se deve, entretanto, subestimar uma queixa de dor lombar na criança. Este sintoma torna-se preocupante quando a criança apresenta associação com febre, alterações da postura, deformidades, anormalidades neurológicas, limitação dos movimentos e idade inferior a 11 anos. A presença de dor constante, noturna e quando interfere nas atividades de lazer, esportes e brincadeiras são também sinais de alerta.

O pediatra e os pais devem estar atentos às queixas acima referidas. Tais achados exigem uma investigação completa, incluindo história clínica, exame físico, exames laboratoriais e exames de imagem (quando necessários), para afastar a possibilidade de alguma doença inflamatória, infecciosa, neoplásica, patologia congênita, extra-espinhal ou neurológica.

A avaliação ortopédica complementar torna-se muito importante na investigação desse subgrupo de pacientes.